SILÍCIO NA MITIGAÇÃO DE ESTRESSE POR FRIO EM SEMENTES DE ARROZ TRATADAS COM DIETHOLATE

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31512/vivencias.v16i31.183

Resumo

O dietholate confere às plantas de arroz tolerância a maiores doses de herbicidas, através da inibição de alguns compostos enzimáticos, porém, estas enzimas também são responsáveis por reduzir os efeitos danosos das espécies reativas de oxigênio formadas durante o metabolismo celular, em condições de estresse bióticos e abióticos. O objetivo do trabalho foi avaliar os efeitos do silício (Si) na mitigação do estress por frio associados ao estresse pelo tratamento com o protetor dietholate em sementes de arroz na fase de semeadura-germinação. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado, com três repetições, em que as unidades experimentais foram placas de petri, com vinte sementes e os tratamentos arranjados em esquema fatorial 3x2x2x4x2: três temperaturas (5, 10 e 20 °C), duas cultivares (IRGA 424 RI e Guri INTA CL), dois tratamentos de semente (sem e com dietholate), quatro doses de Si (0; 4,0; 8,0 e 16 mg L-1) e duas fontes de Si (metassilicato de sódio e metassilicato de potássio). O processo germinativo das sementes de arroz e o índice de velocidade de germinação (IVG) foi influenciado negativamente pelo tratamento de sementes com dietholate, principalmente em temperaturas de 5 e 10 °C. A cultivar IRGA 424 RI foi mais resistente ao estresse por baixas temperaturas e aos efeitos fitotóxicos do protetor dietholate. O Si aumentou a porcentagem de germinação e o IVG das sementes tratadas e não tratadas com dietholate. Portanto, o Si atenua o estresse por baixas temperaturas em sementes de arroz tratadas e não tratadas com o protetor dietholate.

Biografia do Autor

Jéssica Cezar Cassol, Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS, Brasil

Centro de Ciências Naturais e Exatas

Sylvio Henrique Bidel Dornelles, Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS, Brasil

Centro de Ciências Naturais e Exatas

Juliana da Silva Soares, Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS, Brasil

Centro de Ciências Naturais e Exatas

Elisandro Azeredo Nunes, Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS, Brasil

Centro de Ciências Naturais e Exatas

Sidinei José Lopes, Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS, Brasil

Centro de Ciências Naturais e Exatas

Referências

ASHRAF, M. Inducingdroghttolerance in plants: recente advances. Biotechnol Adv, 2010, 28(1). p.169-183.

ASHRAF, M., FOOLAD, M. Roles of glycine betaine and proline in improving plant abiotic stress resistance. Environ. Exp. Bot., , 2007v. 59, p. 206-216, 2007

CAYLEY S., LEWIS B.A, RECORD J.R., 1992. Origins of the osmoprotective properties of betaine and proline in Escherichia coli K-12. J. Bacteriol 175: 1586-1595.

CONCENÇO, G. et al. Emergência e crescimento inicial de plantas de arroz e capim arroz em função do nível de umidade do solo. Planta Daninha, v.25, p.457-463, 2007.

COSTA, C.E.L.; SILVA, R.F.; LIMA, J.O.G.; ARAÚJO, E.F. Sementes de cenoura, Daucus carota L., revestidas e peliculadas: germinação e vigor durante o armazenamento. Revista Brasileira de Armazenamento, Viçosa, vol. 26, p. 36-45. 2001.

CRUZ, R. P. da; DUARTE, I. T. de L.; CABREIRA, C. Inheritance of rice cold tolerance at the seedling stage. Science Agricola, Piracicaba, v.67, n.6, p.669-674. 2010.

DATNOFF, L. E.; RODRIGUES, F. A. SEEBOLD, K. W. Silicon and Plant Nutrition. In: DATNOFF L. E.; ELMER W.H.; HUBER D.M. (Eds.) Mineral Nutrition and Plant Disease. Saint Paul MN. APS Press. p.233-246, 2007.

EPSTEIN, E. The anomaly of silicion in plant biology. Proceeding National Academic Science, v.91, p.11-17, 1994.

ETESAMI, H.; JEONG, B.R; Silicon (Si): reviewand future prospectsontheactionmechanisms in alleviatingbioticandabioticstresses in plants. Ecotoxicologyand Environmental Safety. V. 147. p.881-896. 2017.

FERHATAGLU, Y. AVDIUSHKO,S. BARRET, M. The basic for safening of clomazone by phorate insecticide in cottonand inhibitors of cytochrome p450s. Pesticide Biochemistry Physiology. V.81, n.1, p. 7-14, 2006.

FERREIRA, A.G.; AQUILA, M.E.A. Alelopatia: uma área emergente da ecofisiologia vegetal. Revista Brasileira de Fisiologia Vegetal, v.12, n.1, p.175-204, 2000.

FERREIRA, D. F. Sisvar: a Guide for its Bootstrap procedures in multiple comparisons. Ciência e Agrotecnologia, v.38, n.2, p.109-112, 2014.

GALON, L.; MACIEL, C. D. G.; AGOSTINETTO, D.; CONCENÇO, G.; MORAES,

GILL, S. S.; TUTEJA, N. Reactive oxygen species and antioxidant machinery in

Agrokhimiya, Rússia, 10: 59-63.

GILL, S. S.; TUTEJA, N. Reactive oxygen species and antioxidant machinery in Agrokhimiya, Rússia, 10: 59-63.

GRATÃO P.L., POLLE A., LEA P.J., AZEVEDO R.A.. Making the life of heavy metal-stressed plants a little easier. Functional Plant Biology, V. 32. p.481–494, 2005.

HALLIWELL, B. e GUTTERIDGE, J.M. Free Radicals in Biology and Medicine. Oxford University Press. Oxford , UK. Third Edition, 1999.

HUANG, J.; SUN, S.; XU, D.; LAN, H.;SUN, H.; WANG, Z. et al. A TFIIIA-type zinc finger protein confers multiple abiotic stress tolerances in transgenic rice (Oryza sativa L.). Plant Mol Biol, v. 80, p. 337–350, 2012.

KARAM, D. et al. Seletividade da cultura do milho ao herbicida clomazone por meio do uso de dietholate. R. Bras. Milho Sorgo, v. 2, n. 1, p. 72-79, 2003.

LABOURIAU, L. G.; VALADARES, M. E. B. 1976. On the germination of seeds Calotropis procera (Ait.) Ait.f. Anais da Academia Brasileira de Ciências, v.48, n.2, p.263-284, 1976.

LEVITT, J. Responses of plants to environmental stresses. New York: Academic, 1980. 497p.

MAGUIRE, J. D. Speed of germination-aid in selection and evaluation for seedling emergence and vigor. Crop Science, Madison, v. 2, n. 1, jan./feb.176-177 p., 1962.

MALAVOLTA, E.; VITTI, G. C.; OLIVEIRA, S. A. Avaliação do estado nutricional das plantas: princípios e aplicações. Piracicaba: Potafos, 1997. 319 p.

MARSCHNER, H. Mineral nutrition of higher plants. Academic. London. 1995. 889p.

Matichenkov VV, Kosobrukhov AA, Shabnova NI; Bocharnikova EA (2005) Plant response to silicon fertilizers under salt stress.

MERTZ, L.; HENNING, F. A.; SOARES, R. C.; BALDIGA, R. F.; PESKE, F. B.; DE MORAES, D. M. Alterações fisiológicas em sementes de arroz expostas ao frio na fase de germinação. Revista Brasileira de Sementes, v.31, v.2, 2009.

MISTURA, C. C.; BRANCO, J. C.; FREITAS, D. C.; ROSENTHAL, M. D.; MISTURA, C.C.; BRANCO, J.C.; FREITAS, D.A.C. et al. Influência do protetor de sementes dietil fenil fosforotioato sobre plântulas de arroz (Oryza sativa L.). R. Bras. Agrociência, Pelotas, v. 14, n.2, p. 231-238, abr-jun, 2008.

OLIVEIRA, S; LEMES, E.S; MENDONÇA, A.O; DIAS, L.W; BRUNES, A.P; LEITZKE, I.D; MENEGHELLO; TAVARES, L.C; tratamento de sementes de arroz com silício e qualidade fisiológica de sementes. Revista de Ciências Agrárias. V.39 (2). p.202-209. 2016.

Pereira EM, Vieira AR, Reis MS, Soares AA, Oliveira JÁ; Guimarães RM (2010) Qualidade fisiológica e enzimática de sementes de arroz de terras altas produzidas com diferentes doses de silício. 19º Congresso de Pós-Graduação UFLA, Lavras - MG. Anais, UFLA. p.22-26.

RAFI M. M , EPSTEIN E.; FALK R.H. Silicon deprivation causes physical abnormalities in wheat (Triticum aestivum L.). Journal of Plant Physiology, 151:497-501, 1997.

ROSA, T.D; HELGUEIRA, D.B; ALMEIDA, A.S; SOARES, V.N.; MATTOS, F.P; MEDEIROS, D.C. vigor de sementes de arroz irrigado tratadas com dietholate isolado e em combinação em duas temperaturas. Tecnol. & Ciência Agropecuária. V.11, n.2, p.59-62; João Pessoa. 2017.

SANCHOTENE D.M; KRUSE, N.D.; AVILA, L.A.; MACHADO, S.L.O; NICOLODI, G.A.; DORNELLES, S.H.B.D Efeito do protetor dietholate na seletividade de clomazone em cultivares de arroz irrigado. Planta Daninha. V. 28, n.2, p.339-346. Viçosa. 2010.

SHARMA, P., DUBEY, R.S., 2005. Modulation of nitrate reductase activity in rice seedlings under aluminium toxicity and water stress: role of osmolytes as enzyme protectant. Journal of Plant Physiology, v. 162, p. 854-862.

SOCIEDADE SUL-BRASILEIRA DE ARROZ IRRIGADO - SOSBAI. Arroz irrigado: recomendações técnicas da pesquisa para o Sul do Brasil. Farroupilha: SOSBAI, 2018. 10 p.

TAIZ L , ZEIGER E, MOLLER I. M., MURPH A, Fisiologia e Desenvolvimento Vegetal. 6ª ed. Artmed Editora S.A., 2017. 120p.

TAVARES, L.C.; BRAZ, H.S.; TUNES, L.M.; FONSECA, D.A.R.; BARROS, A.C.S.A. Desempenho de sementes de trigo recobertas com silício. In: XX CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, II Amostra científica. Pelotas, 2011.

TENBROOK, P. L.; TJEERDEMA, R. S. Biotransformation of clomazone in rice (Oryza sativa) and early watergrass (Echinochloa oryzoides). Pestic. Biochem. Physiol., v. 85, n. 1, p. 38-45, 2006.

TOLEDO, M.Z.; CASTRO, G.S.A.; CRUSCIOL, C.A. C.; SORATO, R.P.; NAKAGAWA, J.; CAVARIANI, C. Physiological quality of soybean and wheat seeds produced with alternative potassium sources. Revista Brasileira de sementes, v. 33, n. 2, p. 363-371, 2011.

VIEIRA, A. R.; OLIVEIRA, J. A.; GUIMARÃES, R. M.; CARVALHO, M. L.; PEREIRA, E. M.; CARVALHO, B.O. Qualidade de sementes de arroz irrigado produzidas com diferentes doses de silício. Revista Brasileira de Sementes, v.33, n.3, p.490-500, 2011.

YOSHIDA, S. Fundamentals of rice crop science. Los Baños: The International Rice Research Institute, 1981. p.269.

YUN, M. S. et al. Cytochrome P-450 monooxygenase activity in herbicide-resistant and - susceptible late watergrass (Echinochloa phyllopogon). Pesticide Biochemistry and Physiology, v. 83, n. 2-3, p. 107-114, 2005.

Publicado

2020-06-29

Como Citar

Cezar Cassol, J., Bidel Dornelles, S. H., da Silva Soares, J., Azeredo Nunes, E., & Lopes, S. J. (2020). SILÍCIO NA MITIGAÇÃO DE ESTRESSE POR FRIO EM SEMENTES DE ARROZ TRATADAS COM DIETHOLATE. Vivências, 16(31), 89-105. https://doi.org/10.31512/vivencias.v16i31.183

Edição

Seção

ARTIGOS DE FLUXO CONTÍNUO