A ATUALIDADE DE MONTESSORI: EVIDÊNCIAS A PARTIR DA INVESTIGAÇÃO DAS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31512/vivencias.v17i32.140

Resumo

O artigo procura sistematizar as evidências coletadas, por meio de investigação empírica, com o objetivo de analisar e compreender a atualidade do pensamento de Maria Montessori – o Método montessoriano – e sua influência na organização e condução das práticas pedagógicas na Educação Infantil.  A pesquisa foi realizada em uma escola, que atende a este nível de ensino, de uma cidade do Oeste do Estado de Santa Catarina, mediante observações in loco e entrevista com educadores e gestor. A análise dos dados segue a perspectiva teórica de Bardin (1977). Para abrigar os dados foram definidas três categorias: a experiência montessoriana na prática escolar; a aprendizagem com uso dos agrupamentos na educação infantil; e, o protagonismo dos docentes na escola montessoriana. A pesquisa permitiu entender a complexidade e as possibilidades que marcam esta metodologia que visa uma educação humanizada, a autonomia da criança, com foco voltado ao desenvolvimento do educando para que possa exercitar a liberdade de expressão, imergir em práticas que envolvam o corpo e a mente, dentro de seu próprio ritmo, espaço e tempo. Os resultados demonstram que os princípios da pedagogia de Montessori ainda nos servem de referência quando se trata de pensar ambientes que acolhem e educam crianças, especialmente na primeira infância, para que se possa implementar práticas e metodologias mais ativas. Por fim, é possível afirmar que o método é humanizador, pois as crianças inseridas nesse contexto aprendem para vida, desenvolvendo sua autonomia e independência no processo de ensino e aprendizagem.

Biografia do Autor

Arnaldo Nogaro, Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), Erechim, RS, Brasil

Licenciado em Filosofia. Mestre em Filosofia. Doutor em Educação pela UFRGS.

Ritieli Andressa Anese, Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), Frederico Westphalen, RS, Brasil

Licenciada em Pedagogia. Acadêmica do Mestrado em Educação da URI Frederico Westphalen/RS

Rosane de Fátima Ferrari, Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), Frederico Westphalen, RS, Brasil.

Licencada em Pedagogia. Mestrado em Mestrado Em Psicopedagogia pela Universidade do Sul de Santa Catarina. Acadêmica do Doutorado em Educação da URI.

Referências

ALMEIDA, T. Maria Montessori: uma história no tempo e no espaço. Rio de Janeiro: Obrape, 2005.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. (L. de A. Rego & A. Pinheiro, Trads.). Lisboa: Edições 70, 1977.

BARBOSA, M. C. S.; HORN, M. da G. S. Projetos pedagógicos na Educação Infantil. Porto Alegre: Artmed, 2008.

BARROS, A. P. Maria Montessori. 2005. Disponível em: <http://www.avm.edu.br/ monopdf/39/ANA%20PAULA%20DOS%20SANTOS%20BARROS.pdf>. Acesso em: 20 abr. 2018.

CENTRO EDUCACIONAL GIRASSOL. Institucional. Disponível em: <http://cegirassol.com.br/>. Acesso em: 12 out. 2018.

CERVO, A. L.; BERVIAN, P. A.; SILVA, R da. Metodologia científica. 6.ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2007.

CORTELLA, M. S.Educação, escola e docência: novos tempos, novas atitudes. São Paulo: Cortez, 2014.

DEWEY, J. A arte como experiência. São Paulo: Martins Fontes, 2010.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

GUILLOT, G. O resgate da autoridade em educação. Porto alegre: Artmed, 2008.

HORN, M. da G. de S. Sabores, cores, sons, aromas. A organização dos espaços na Educação Infantil. Porto Alegre: Artmed, 2004.

MACHADO, I. de L. Educação Montessori: de um homem novo para um mundo novo. São Paulo: Pioneira, 1980.

ILARSKI, L. M. O método Montessori: uma adaptação do Colégio Nossa Senhora de Sion. 2007. 41 f. Monografia (Especialização) – Faculdade de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Tuiuti do Paraná, Curitiba, 2007.

MONTESSORI Jr., Mário M. Educação para o desenvolvimento humano. Para entender Montessori. Tradução de Leonora Figueiredo Corsino. Rio de Janeiro: Obrape, 1992.

MONTESSORI, M. Pedagogia científica: a descoberta da criança. São Paulo: Flamboyant, 1965.

______. A descoberta da criança: pedagogia científica. Tradução de Aury Maria Azélio Brunetti. Campinas, SP: Kirion, 2017.

MORAN, J. Manuel; MASSETO, M. T.; BEHRENS, M. A. Novas tecnologias e mediação pedagógica. Campinas, SP: Papirus, 2000.

OMB. Organização Montessori do Brasil. 2017. Disponível em: <http://omb.org.br/>. Acesso em: 13 maio 2018.

POLLARD, M. Maria Montessori. São Paulo: Globo, 1990, 64 p. (Coleção Personagens que mudaram o mundo: Os Grandes Humanistas).

Publicado

2020-12-14

Como Citar

Nogaro, A., Anese, R. A., & Ferrari, R. de F. (2020). A ATUALIDADE DE MONTESSORI: EVIDÊNCIAS A PARTIR DA INVESTIGAÇÃO DAS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL. Vivências, 17(32), 113-128. https://doi.org/10.31512/vivencias.v17i32.140

Edição

Seção

ARTIGOS DE FLUXO CONTÍNUO