CUIDADO E PREVENÇÃO NA EDUCAÇÃO INFANTIL: RELATO DE UMA ATIVIDADE METACOGNITIVA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31512/vivencias.v17i32.355

Resumo

Neste artigo, relata-se uma atividade pedagógica desenvolvida em uma turma de Educação Infantil – Maternal II, turno integral, de uma escola da rede pública de ensino de Santo Ângelo, RS.  O estudo ocorreu em 2019, com 22 crianças, na faixa etária de 2 a 4 anos de idade, e suas respectivas famílias. Organizada em torno de uma Cartilha, intitulada Aprendendo a se Cuidar, e elaborada com o objetivo de orientar as famílias sobre prevenção de acidentes domésticos, higiene e doenças comuns na infância, a leitura e a discussão da cartilha ocorreram, inicialmente, na família, que registrou sua avaliação a respeito das atividades propostas pela professora. Posteriormente, em roda de conversa na escola, cada criança relatou o que aprendeu com a atividade e como foi a experiência familiar. Entende-se que, com base na proposta, houve significativa contribuição para o desenvolvimento da linguagem da criança e da sua oralidade. Reafirma-se também que, na Educação Infantil, é necessário atenta observação às crianças quanto a sinalizações em relação à aprendizagem, o que requer, seguramente, intencionalidade educativa do professor.

Biografia do Autor

Lauren Linck Nilson, Universidade de Passo Fundo

Graduada em Ciências Biológicas, com Especialização em Interdisciplinaridade na Educação Básica pela Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Mestre em Ensino Científico e Tecnológico pela Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), Doutoranda em Educação pela Universidade de Passo Fundo (UPF). Atua na Companhia Riograndense de Saneamento Básico (CORSAN), como Agente de Tratamento de Água e Esgoto.

Cleci Teresinha Werner da Rosa, Universidade de Passo Fundo

Graduada em Matemática/Física; Especialização em Educação Matemática e em Ensino de Física; Mestrado em Educação; Doutorado em Educação Científica e Tecnológica pela Universidade Federal de Santa Catarina com estudos no Grupo de Investigación sobre el Aprendizaje de las Ciencias na Universidad de Álcala de Henares - España; Pós-doutorado na Unversidad de Burgos - España. Atualmente é professora Titular da Universidade de Passo Fundo, atuando em cursos de Graduação (Física-L) e Pós-Graduação nos programas de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática e Pós-Graduação em Educação na Universidade de Passo Fundo.

Noemi Boer, Universidade Franciscana e Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões

Graduada em Ciências, habilitação em Biologia, Graduada em Pedagogia, habilitação em Supervisão Escolar, Mestre em Educação Brasileira pela UFSM, Doutora em Educação Científica e Tecnológica pela UFSC. Atualmente é professora adjunta II da Universidade Franciscana (UFN). Atua no Mestrado em Ensino de Humanidades e Linguagens, MEHL e no do Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos, CEP/UFN. Professora colaboradora do Programa de Pós-graduação em Ensino Científico e Tecnológico, URI Santo Ângelo.

Referências

ASSIS, M. R. de; MARAGLIA, P. H.; BRANDÃO, M. A. G.; PEIXOTO, M. A. P.. Metacognição como tecnologia educacional na aprendizagem do autocuidado: o caso da prevenção do linfedema pós-cirúrgico de câncer de mama. Escola Anna Nery. Rio de Janeiro, v. 22, n. 3. p. 01 -07, 2018.

BARBOSA, M. C. S.; HORN, M. da G. S. Projetos pedagógicos na educação infantil. Porto Alegre: Artmed, 2008.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil (1988). Brasília, DF: Senado Federal, 1988. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm. Acesso em: 09 jun. 2020.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Lei n. 9.394 de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil. Brasília, DF, 23 dez. 1996.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: Secretaria da Educação Básica, 2017.

FLAVELL, J. H. Metacognition and cognitive monitoring: a new area of cognitive developmental inquiry. American Psychologist, California, n.34. p. 906-911, 1979. DOI: 10.1037/0003-066X.34.10.906. Disponível em: https://psycnet.apa.org/doiLanding?doi=10.1037%2F0003-066X.34.10.906. Acesso em: 08 maio 2020.

GOMES, A. S. A.; ALMEIDA, A. C. P. C. de. Letramento científico e consciência metacognitiva de grupos de professores em formação inicial e continuada: um estudo exploratório. Revista de Educação em Ciências e Matemáticas, Amazônia, p.53-72. v.12, 2016. DOI: http://dx.doi.org/10.18542/amazrecm.v12i24.3442

RAMOS, E. da S. B.; SILVA-Forsberg, M. C. Contribuições da metacognição para a formação de professores que ensinam ciências nos anos iniciais. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 12., 2019, Natal, Atas [...]. Natal: UFRN, 2019. p. 01- 07.

ROCHA, C. J. T. da; MALHEIRO, J. M. da S. Metacognição e a experimentação investigativa: a construção de categorias interativa dialógicas. Revista Educação, Santa Maria, v. 44. p. 01- 26, 2019.

RODRIGUES, J. da S. M.; AUTOR.; MARQUEZAN, F. F. Marcos regulatórios e as implicações na organização do currículo para a Educação Infantil Brasileira. Espaço do Currículo, João Pessoa, 13, n.1, p. 226-240, jan./dez. 2020. DOI: 10.22478/ufpb.1983-1579.2020v13n1.41599. Disponível em : https://periodicos.ufpb.br/index.php/rec/article/view/41599. Acesso em: 12 jun. 2020.

AUTOR, C. T. W. da. Metacognição no ensino de física: da concepção à aplicação. Passo Fundo: Editora Universidade de Passo Fundo, 2014.

SALLES, F.; FARIA, V. L. B. Currículo na Educação Infantil: diálogo com os demais elementos da proposta pedagógica. 2.ed. São Paulo: Ática, 2012.

VÉGLIA, A. P.; RUIZ, M. G.. Intervención sobre las Funciones Ejecutivas (FE) desde el contexto educativo. p. 27-42. v.78. Revista Iberoamericana de Educación. Espanha, 2018.

Publicado

2020-12-14

Como Citar

Linck Nilson, L., Werner da Rosa, C. T., & Boer, N. . (2020). CUIDADO E PREVENÇÃO NA EDUCAÇÃO INFANTIL: RELATO DE UMA ATIVIDADE METACOGNITIVA. Vivências, 17(32), 101-111. https://doi.org/10.31512/vivencias.v17i32.355

Edição

Seção

ARTIGOS DE FLUXO CONTÍNUO